.

.
30 de Julho de 1929, jovens velejadoras no porto de Deauville, França (Getty Images)

sábado, 2 de outubro de 2010

Eu voto em Plínio

Não tenho problema em abrir meu voto. Aliás, devemos fazer assim, expor nossos argumentos, em vez de se intitular como imprensa e servir de publicidade política de maneira tirana e manipuladora.
Eu voto em Plínio de Arruda Sampaio, sem o menor resquício de dúvida. E por quê? Pra começar acho que todo voto feito com convicção é digno de respeito. Portanto, cuidado ao votar pelo simples ato de obrigação.
Infelizmente, vejo que muitas pessoas não sabem de onde surgiu a candidatura de Plínio. Para piorar, muitos não o conheciam. Ao contrário de uma parcela do povo brasileiro, Plínio sempre teve meu respeito por ser um homem de vida política contínua, de batalha e ideais humanistas. Político que esteve presente na luta contra a ditadura, foi exilado e mesmo quando voltou ao Brasil fez questão de continuar lutando pelo povo - ao contrário de alguns políticos que hoje renegam seu exílio ou o usam apenas nas horas que convém. Homem que sempre esteve a favor da reforma agrária, contra a elite que oprime e esmaga os pobres desse Brasil e que manteve sua dignidade ao romper com o PT, quando o partido que ele ajudou a fundar, havia se desvirtuado dos seus primeiros ideais.

Leia também:
- Queria ver outra Dilma no palanque. Meu voto é Marina

- Vou torcer por Dilma! Mas meu voto não será dela
- Pelo avanço das transformações, voto em Dilma
- Voto em Dilma. Quem fica em cima do muro é passarinho
- Voto Dilma. Pra mostrar que nóis num semu tatu
- As opções de quem faz o NR para essas eleições


Eu voto em Plínio porque sempre manteve sua integridade e está próximo de quem quiser conhecê-lo. Não é uma celebridade política e muito menos um joguete, um boneco montado para agradar, para estar nos moldes que se esperava de um governante.
O povo está sofrendo novamente uma lavagem cerebral. Luta política virou terrorismo; cantor virou candidato; comediante resolveu levar a política como profissão; garota de programa quer que você vote com prazer; e as frutas não apenas falam como agora também querem governar!
Pior do que está não fica? Será?

Fabiana Cardoso é jornalista e colunista do NR

Um comentário:

Mateus disse...

Plínio. O único coerente no que fala. Aponta o problema e mostra a solução. Ele não melhora. Ele Resolve o problema.

Postar um comentário

Ofensas e a falta de identificação do leitor serão excluídos.

Web Analytics