.

.
30 de Julho de 1929, jovens velejadoras no porto de Deauville, França (Getty Images)

quinta-feira, 5 de março de 2009

Ditabranda, parte 2

Na Folha de S. Paulo de ontem o artigo de Marco Antonio Villa dá nos nervos. Há um dia da manifestação programada pelo Movimento dos Sem-Mídia na porta do jornal contra o editorial que falava da "ditabranda", o historiador (num artigo literalmente encomendado) diz que "É rotineira a associação do regime militar brasileiro com as ditaduras do Cone Sul (Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai). Nada mais falso. (...) Somente o presidente Ernesto Geisel criou mais de uma centena de estatais. Os governos militares industrializaram o país, modernizaram a infraestrutura, romperam os pontos de estrangulamento e criaram as condições para o salto recente do Brasil, como por meio das descobertas da Petrobras nas bacias de Santos e de Campos nos anos 1970."
Sem dúvida ele não militou na clandestinidade e não deve ter tido nenhum amigo perseguido ou morto. Nem mesmo sua carreira deve ter sido interrompida ou não viveu permanentemente ameaçado com esposa e filhos. Li em algum lugar o seguinte: "Que diferença existe entre ser assassinado com vinte tiros ou ser abatido com um apenas, mas certeiro?". O golpe foi desfechado (com apoio da FSP à época em manchetes claras que a história não esquece) e implementou, além do terror, um regime tecnocrático-militar visando o desenvolvimento capitalista dependente, tanto na economia, quanto na cultura. Parabéns Villa, você conseguiu me irritar com seu artigo relativista. Obrigado.

2 comentários:

Jucielle Leal - 26 anos disse...

nossa, que desaforo desse Marco Antonio...e um "pau mandado"...rs.

Thiago, parabens pelo projeto Jovelina (interessante que eu gostei desse nome, e parecido com o nome Jovita, que eu quero dar a minha filha - isso se eu arrumar um marido e tiver a filha, claro...rsrsrs). Bom, a criaçao do projeto foi uma excelente ideia, com certeza, os trabalhos que vem por ai vao ser feitos a partir de otimas ideias tambem.

Sucesso pra vc!

*ah, ainda continuo com o problema no teclado. Ja tentei verificar a configuraçao dele, mas nao consegui arruma-lo. Desculpa a falta de acentos.

bjo!

*ah, quando acessei o seu blog, achei que a imagem era de uma cena cinematografica de faroeste...rs. Lembrei-me dos filmes do charmosao Clint Eastwood...rs.

J. C David disse...

Não só a você, a todos que tem o minímo de consciência sobre o que foi a ditaDURA militar no Brasil.

Postar um comentário

Ofensas e a falta de identificação do leitor serão excluídos.

Web Analytics