.

.
30 de Julho de 1929, jovens velejadoras no porto de Deauville, França (Getty Images)

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Estreia: Mãe em Surto # 1

O nome poderia ser “mãe moderna” como nomearam uma coluna minha uma vez. Mas aí é muito bonito, né? Mãe moderna é aquela fodona (desculpe, mas o primeiro mito a ser quebrado é o de que mãe não fala palavrão) que segura a bronca sozinha, educa seu filho de forma liberal, porém sabe colocar limites, leu todos os livros do Içami Tiba, é mãe solteira mas tem um ótimo relacionamento com o pai da criança (mentira), trabalha, faz pós, sustenta a casa e ainda é gostosa e tem 5 orgasmos por dia, manja? Não dá, definitivamente.
O que eu tenho visto nessa modernagem é um monte de mulheres surtadas, tentando equilibrar a bolinha no nariz, trabalhando, frilando, furando a academia quando dá, saindo por aí descabelada e quem sabe fazendo um sexo bem sucedido de vez em quando. Mas uma coisa tenho que admitir: a gente se diverte. E cria gerações cada vez mais incríveis.
Chuta daqui, defende dali e no final dá tudo certo. Por isso acho mais razoável e honesto chamar essa coluna de "mãe em surto." Por exemplo: neste exato momento, eu faço uma matéria sobre erotismo para mulheres para uma revista feminina, terminei outras quatro sobre alergia para um site de medicamentos, entrevisto um ninja por msn para o jornal para o qual trabalho e escrevo essa coluna. Ah, tenho que ligar na escola para renegociar o desconto do ano que vem e pegar a homeopatia no caminho de casa... Bem lembrado.

Andrea Dip é jornalista, mãe do Davi, pugilista e colecionadora de quadrinhos eróticos. Os prêmios que ganhou (como jornalista, não como mãe e muito menos como erótica) não serviram para nada, a não ser para receber elogios meia-boca de pessoas chatas com copos na mão. Ou seja: como todo brasileiro, ganha pouco, mas se diverte como pode.

6 comentários:

Bia disse...

Seja bem-vinda, Andrea. vai ser ótimo ler seus textos sobre a difícil tarefa de ser mãe nesse mundo moderno.

Fabi disse...

Eu sou uma das mães em surto!!!
Dé, como sempre, falando o que deve.

Beijos, amiga querida.
Fabi
http://depoisqueeudescobri.wordpress.com

JVilas disse...

A-DO-REI. ahahahhahaha. gata, já é momento de negociar rematrícula na escola? caaaaaraio. nem me liguei. E bota aí (tipo do boteco) que mãe não tem direito de ficar doente. eu estou e vou te contar, viu? sem saída...

Moriti disse...

Ótimo texto, Andrea. Creio que descreve bem o cotidiano da mulher/mãe/profissional etc. Minha mãe que o diga!

Meire disse...

Adorei! A vida de mãe, como ela é!rsrs. Abraços.

Carla disse...

Andrea, adorei a coluna mãe em surto, sou uma delas.....
Apesar da loucura do cotidiano, ser mãe é maravilhoso, experiência única.
Abraços!!
Carla Gallani

Postar um comentário

Ofensas e a falta de identificação do leitor serão excluídos.

Web Analytics